[Mais Acerca de…] A APoAVa no WoCoVA 2018!

Como já é sabido, a APoAVa marcou presença no WoCoVA 2018 entre os dias 20 e 22 de Junho.

A Associação pretende tornar-se uma referência a nível nacional na área dos Acessos Vasculares, principalmente através da elaboração de estudos e publicação de artigos científicos, e organização de eventos.

Juntamente com outras associações e sociedades, a APoAVa, enquanto parceira do congresso, participou de várias formas no evento, em particular com uma banca promocional e apresentação de uma comunicação oral e três pósters científicos.

(Da esquerda para a direita: Dr. Rodrigo Oom, 2º Vogal do Conselho Fiscal; Drª. Rita Barroca, Presidente da Mesa da Assembleia Geral; Profª Doutora Anabela Salgueiro-Oliveira, Presidente)

A Professora Doutora Anabela Salgueiro-Oliveira, no contexto deste evento, teve ainda a oportunidade de realizar uma visita ao hospital OSI Araba Hospital Universiario / Araba ESI (Vitoria-Gasteiz, Álava, Espanha), acompanhando uma equipa de terapia intravenosa.

 

APoAVa participa em Formação Avançada sobre inserção de PICC ecoguiada

Cerca de trinta enfermeiros que trabalham em contexto hospitalar na zona centro do país participaram, nos dias 14 e 29 de junho, numa formação avançada que decorreu na Escola Superior de Enfermagem de Coimbra (ESEnfC), sobre a utilização de ecógrafo para seleção de acessos vasculares e inserção de cateteres centrais de inserção periférica.

A formação, no âmbito do projeto TecPrevInf, que é liderado pela ESEnfC e que visa a implementação de tecnologias inovadoras na prática clínica dos enfermeiros, com o propósito de prevenir infeções associadas ao uso do cateter venoso periférico, foi assegurada por Rita Barroca (Presidente da Mesa da Assembleia Geral da APoAVa), Mariana Sousa e Franscico Cabral, médicos no Instituto Português de Oncologia de Lisboa.

O ecógrafo é um aparelho que utiliza ondas de ultrassom de alta frequência que permitem visualizar, em tempo real, as estruturas internas de um determinado segmento anatómico, facilitando o procedimento descrito e evitando complicações imediatas.

O projeto “TecPrevInf – Transferência de inovação tecnológica para as práticas dos enfermeiros: contributos para a prevenção de infeções” é co-financiado por fundos europeus e resulta de uma parceria entre a ESEnfC, a Escola Superior de Tecnologia da Saúde de Coimbra (ESTeSC/IPC), o Centro Hospitalar e Universitário de Coimbra (CHUC) e a Associação Portuguesa de Acessos Vasculares (APoAVa), juntando as áreas da Enfermagem e da Microbiologia aos contextos da prática clínica.

No âmbito do projeto TecPrevInf, estão previstas, ao longo do ano civil, mais sessões de formação avançada que visam a utilização de outras inovações tecnológicas (pensos de última geração para fixação de cateteres venosos periféricos e luz quase-infravermelha na seleção de acessos periféricos). Serão também disponibilizadas, brevemente, novas datas para Formação Avançada nesta área temática todos os profissionais de saúde em contexto nacional.